A Nanographic Printing (impressão nanográfica) muda o panorama da impressão de grande consumo

"A Nanografia é uma nova tecnologia destinada à aplicação de tinta sobre o papel. Ao desenvolver a Landa Nanographic Printing (Impressão nanográfica da Landa) tivemos que repensar e reiventar a máquina de impressão. O resultado traduz-se na impressão digital com um desempenho notável, a partir de uma gama de máquinas que apresentam um design altamente ergonómico, compacto e com uma das mais avançadas funcionalidades de utilizador disponíveis no mercado", explica o fundador, Presidente e Diretor Executivo da Landa, Benny Landa.

Seis novas máquinas de imprimir com tecnologia, rendimento e economia singulares nomercado vêm estabelecer novos níveis de referência na impressão digital. A Landa Corporationrevelou os pormenores das suas máquinas Landa Nanographic Printing especialmente dirigidas aosmercados de impressão comercial de grande consumo, de embalagens e de publicações.

Comvelocidades de produção comparáveis às dos equipamentos offset e utilizando corantes NanoInk,prevê-se que a gama de máquinas Landa Nanographic Printing venham a criar uma mudança fundamental na impressão tal como a conhecemos hoje.


MÁQUINAS LANDA NANOGRAPHIC PRINTING

Na drupa 2012, a Landa apresentou uma gama de seis máquinas Nanographic Printing - três de folha e três de bobina - que permitem às empresas de serviços de impressão produzir tiragenscurtas e médias a um baixo custo por página.

Cada uma das três máquinas de folha podem imprimir até oito cores e podem utilizar cores diretas e de especialidade numa variedade de aplicações, incluindo a impressão comercial geral, osencartes de marketing, livros e manuais de média tiragem, correio direto e embalagem dobrável e flexível de curta tiragem:

  • A Landa S5 Nanographic Printing Press é uma máquina de nível inicial, formato B3 (20polegadas) indicada para uma transição para a produção digital. Pode imprimir, de um lado, avelocidades até 11.000 HPH sobre qualquer suporte normal disponível (60-350 gm2).

  • A Landa S7 Nanographic Printing Press é um equipamento digital, formato B2 (29 polegadas).Pode imprimir de um ou dois lados, a velocidades até 12.000 HPH sobre qualquer suportenormal disponível (60-350 gm2).

  • A Landa S10 Nanographic Printing Press é a primeira máquina de produção digital do mercadoem formato B1 (41 polegadas). Pode imprimir de um lado ou em frente e verso a umavelocidade até 13.000 HPH sobre qualquer suporte normal disponível (60-400 gm2). Um modelo de impressão de um lado para caixas flexíveis funciona a uma velocidade até 6.500HPH sobre cartão virgem ou reciclado, suporte metalizado (espessura de 200-1000 microns) e películas de plástico.

As três máquinas de bobina podem imprimir até oito cores e foram projetadas para impressão comercial, de publicações, etiquetas e de embalagens flexíveis:

  • A Landa W5 Nanographic Printing Press é uma máquina de bobina com 560 mm (22 polegadas) de largura, que pode imprimir de um lado a uma velocidade até 200 m/min sobre películas de plástico e "shrink sleeves" (12 a 250 microns) e sobre suportes de etiquetas, suportes tubulares, folha de alumínio e papel (50 a 300 microns).

  • A Landa W10 Nanographic Printing Press conta com uma bobina com largura de 1.020 mm (40 polegadas), capaz de imprimir de um lado a uma velocidade até 200 m/min em suporte de película (12-250 microns) e em papel (50-300 microns). Uma vez que cumpre as normas da FDA para embalagens de alimentos, a W10 é dirigida a fabricantes de embalagens de grande consumo.

  • A Landa W50 Nanographic Printing Press é uma máquina com largura de bobina de 560 mm (22 polegadas) para produção digital de grande volume e é capaz de imprimir frente e verso a uma velocidade até 200 m/min sobre qualquer papel revestido ou não revestido (40-300 gm2). É igualmente adequada para publicações, livros, revistas, jornais, relatórios anuais, boletins, diretórios, manuais e correio direto com personalização.

"As máquinas de impressão Landa Nanographic não pretendem substituir a impressão offset, mas sim complementá-la", afirma Benny Landa. "Mas o mercado procura tiragens cada vez mais curtas - e é aí que entra a nanografia - para que as empresas de serviços gráficos possam produzir enconomicamente médias e curtas tiragens - a velocidades de offset. Este é o significado quando dizemos que a Landa Nanographic Printing leva o digital ao grande consumo".

O PROCESSO DE IMPRESSÃO COM NANOTECNOLOGIA

No coração do processo da impressão nanográfica estão as tintas Landa NanoInk.

Compostos por partículas de pigmentos de apenas dezesas de nanómetros (um nanómetro é cerca de 100.000 vezes mais pequeno do que a grossura de um pelo humano), estes nano-pigmentos são extremamente absorventes de luz e conferem qualidades sem precedentes às imagens. A Landa Nanographic Printing caracteriza-se por pontos ultranítidos, de uniformidade extremamente alta, alta fidelidade de brilho e a mais ampla gama de cores de qualquer processo de quadricomia.

A Nanographic Printing inicia o processo com a ejeção de milhões de gotas microscópicas da Landa NanoInk aquosa sobre a banda quente de transporte. Cada gota de NanoInk aquosa assume uma posição precisa, criando a imagem a cores. Ao evaporar-se a água, a tinta converte-se numa película polimérica seca ultrafina, com uma espessura de metade da das imagens de offset.

A imagem resultante é depois transferida para qualquer tipo de papel normal, revestido ou não, ou sobre qualquer película de plástico para embalagens -sem necessitar de tratamento prévio. A imagem com a película NanoInk ancora-se instantaneamente na sua superfície, formando uma camada laminada rígida e resistente à abrasão, incluindo nos mais agressivos equipamentos de acabamento.

INTERFACE DE UTILIZADOR GRÁFICO SINGULAR

O novo design da Landa Nanographic Printing Press integra a Landa Touchscreen, um interface de utilizador de tamanho grande que permite que um operador sem experiência possa controlar rapidamente a máquina. Conta com controlos dos lados esquerdo e direito do ecrã para permitir um funcionamento adequado desde a parte da entrada à saída da máquina. O lado direito do ecrã é direcionado para a gestão dos trabalhos. Aqui, o operador pode organizar facilmente as sequências adequadas de trabalhos para desfrutar da máxima utilização da máquina, mediante uma das muitas ferramentas integradas para a gestão de trabalhos.

O lado esquerdo do ecrã tátil é dirigido às funções do equipamento. Gráficos em tempo real indicam o estado de todas as funções da máquina e fornecem imagem de vídeo de cada uma das estações principais, incluindo entrada de folhas, transferência de imagem e saída de folhas. Cada função, tal como os níveis de tinta, o fornecimento de papel e o estado operativo estão respresentadas de forma clara e intuitiva.

Devido ao elevado grau de automatização, um único operador pode encarregar- se de dois, três ou mesmo quatro máquinas ao mesmo tempo. Quando o operador se afasta da máquina, o ecrã passa a Vital Signs Mode (Modo de Sinais Vitais) no qual são apresentados os indicadores principais com letras de grande dimensão que podem ser facilmente vistas a 50 metros. Além disso, todo o interface de utilizador está em duplicado numa tablete táctil portátil que se aguenta magneticamente em qualquer superfície considerada conveniente da máquina.

A Landa Corporation foi fundada por Benny Landa em 2002, depois da HP ter adquirido a empresa de impressão Indigo, fundada por ele 25 anos antes. A Landa Corporation conta com quatro unidades operativas: Landa Digital Printing, que desenvolve os sitemas Nanographic Printing para os mercados de impressão comercial, de embalagens e de publicações; a Landa Labs, que desenvolve tecnologia alternativa de energia; a Landa Ventures, que investe em empresas promissoras de tecnologia; e a Landa Fund, uma entidade filantrópica.

Destaques
Publicações recentes

Palavras-chave
Siga-nos
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic
Contacte-nos

Portal das Artes Gráficas


Tel: +351 925 059 444 (Rui Sebrosa)
Email: rui.sebrosa@gmail.com
Local: Mafra - Portugal

Socialize-se com

Parceiro:

 

ISEC Lisboa

© Portal das Artes Gráficas - Todos os direitos reservados.