Primeira impressora 3D portuguesa

Portugal também já tem uma impressora 3D: BEETHEFIRST

Aquela que vai ser a primeira impressora 3D feita por uma empresa 100% portuguesa, aBEEVERYCREATIVE, já está à venda por 1.805 EUR + IVA no site em https://www.beeverycreative.com/pt/beeproducts/beethefirst.

A BEETHEFIRST é o resultado as ideias de dois empreendedores portugueses, Francisco Mendes e Jorge Pinto, e teve um tempo de desenvolvimento de 18 meses.

Uma das próximas grandes modas tecnológicas é, sem dúvida, a impressão 3D. Durante as últimas feiras da indústria foram apresentados vários modelos que conseguem imprimir objectos a partir de um composto de plástico e o natural é que daqui a dez anos a presença de uma impressora 3D em casa seja tão natural como um microondas.

A primeira impressora 3D feita em Portugal por portugueses chegou ao mercado em Setembro e tem um nome à altura: BEETHEFIRST (em tradução livre, à primeira’), um nome que joga com o sentido original das palavras em inglês e com o logo da empresa (a BEEVERYCREATIVE), uma abelha.

A BEETHEFIRST foi concebida e desenvolvida de raiz, ao longo de 18 meses, por dois jovens engenheiros portugueses «apaixonados pela tecnologia 3D», Francisco Mendes e Jorge Pinto.

«Com a BEETHEFIRST é possível materializar tudo o que a necessidade e a imaginação conceberem. Funciona de uma forma simples, e permite gerar objectos leves mas muito resistentes», garantem os dois empreendedores.

O melhor é que os clientes podem já fazer o download de objectos disponíveis no portal da empresa ou, em alternativa, como explicam, «desenhar a peça que pretenderem imprimir através de qualquer uma das aplicações de modelação em 3D».

No processo de impressão, a BEETHEFIRST utiliza um polímero feito à base de milho denominado PLA. A empresa garante que este composto, além de ser renovável, «requer menos energia que outros materiais semelhantes».

Destaques
Publicações recentes